ATÉ 20% DE ECONOMIA 

Painel 02 - 117x102cm - MAX EPR.jpg

Seguindo seu ideal de facilitar a vida das pessoas e prezar pela qualidade de vida e bem estar do ser humano, a Timol investiu, pesquisou e lançou o Max EPR. Ele é um dispositivo que deve ser instalado no sistema de alimentação do veículo para cumprir três objetivos básicos: ECONOMIA, POTÊNCIA E REDUÇÃO DE GASES POLUENTES.

max  epr MECANICO-9.jpg

O Max EPR promove a ionização do combustível antes da queima com a aplicação de campos magnéticos potentes. O sistema projetado mantém a pressão original estabilizada dentro da flauta, proporcionando melhor pulverização do combustível pelos bicos injetores.

Max-EPR---Infografico2.jpg
Max-EPR---Infografico.jpg

A Ciência Por Trás do Projeto

NASA BUSCOU AUMENTAR POTÊNCIA DE FOGUETES
POR MEIO DA IONIZAÇÃO DO COMBUSTÍVEL
process-building-space-rocket-engine.jpg
rocket-launch-with-moon-background-eleme

As pesquisas mostram que o aproveitamento do combustível é em torno de 30%, sendo o restante mal aproveitado, abrindo assim o campo para a necessidade de estudos para aumentar esse aproveitamento.

Foi pensando nisso que a TIMOL, que já tem um histórico de sucesso utilizando a magnetização na água para ajudar diversas famílias, foi estudar a fundo sobre os efeitos da magnetização também no combustível.

 

Tudo se inicia pelo processo de ionização do combustível.

O processo de ionização promovido pelo Max EPR, tem sido objeto de estudos teóricos e experimentos visando o aumento desse aproveitamento. Sendo aplicado até mesmo pela National Aeronautics and Space Administration (NASA), quando buscaram ionizar o hidrogênio utilizado em foguetes, buscando melhorar a potencia e o melhor aproveitamento do combustível!

Quando o combustível entra em contato com um campo magnético bem orientado ocorre uma organização das moléculas (C8H18 Gasolina, C2H5OH etanol).

Isso traz benefícios excelentes, pois as moléculas polarizadas de combustível ajudam a dissolver o carbono e o verniz nos carburadores, injetores e câmara de combustão, resultando em ausência de carbonização de todo o sistema por um tempo mais longo.

A ionização ajuda a melhorar um dos principais problemas do nosso país: a má qualidade da gasolina.

Com esse processo ele melhora a qualidade de combustão do combustível, mesmo que de má qualidade, e ao mesmo tempo contribui significativamente para a economia e proteção ambiental através da redução de emissão de poluentes.

O Max EPR na Imprensa

JORNALISTA MARCELO CALFAT DESTACOU O MAX EPR EM SUA COLUNA ESPECIALISTA DA REVISTA CULT
Revista Max EPR 1.jpeg
Revista Max EPR 2.jpeg